Notícias
26/06/2013 -
Mudan??a J??

A nossa querida Floripa j?? foi palco de in??meras manifesta????es. Mas, as das ??ltimas semanas, com a tomada pac??fica das duas pontes por milhares de pessoas de todas as classes sociais, jovens, adultos e crian??as, foram as mais bonitas da hist??ria e de exemplo para o Brasil. Num final de quinta-feira fria e chuvosa o povo n??o se intimidou e foi ??s ruas demonstrar a sua insatisfa????o com a indiferen??a dos pol??ticos para os graves problemas que assolam o pa??s.
Ato como esse, com tamanha abrang??ncia pol??tica, econ??mica e diversidade de participantes, acredito que a nossa cidade e o Brasil n??o havia experimentado em sua hist??ria, parecido talvez, mas igual n??o. Ao ver a mobiliza????o espont??nea das pessoas por mais direito lembrei-me de Martin Luther King e de Mahatma Ghandhi na luta pacifista o primeiro pelos direitos civis nos EUA e o segundo pela independ??ncia da ??ndia.  E dos meus tempos de estudante e dos movimentos estudantis da ??poca da ditadura e do que era dito aos jovens mais contestadores da ??poca de que eles eram o futuro do Brasil.
O movimento revolucion??rio foi um sucesso porque tirou o povo de casa para protestar contra o governo por direitos civis, rompendo com o ad??gio que o brasileiro ?? indiferente e individualista com as causas coletivas. Inicia-se tamb??m a partir de agora a necessidade de ser redefinida a caracter??sticas desse novo homem brasileiro definidas por Gilberto Freire, esperando que o ato n??o se resuma em si, mas que avance para mudar.
O Sinduscon vem h?? muitos anos com uma pauta de cobran??a, do governo em todos os n??veis, por mais investimento em infraestrutura (transporte coletivo de qualidade, saneamento b??sico, ??gua e esgoto tratado, energia el??trica e habita????o popular digna e etc.), al??m de combate a corrup????o, desburocratiza????o e melhoria do servi??o p??blico, redu????o da carga tribut??ria, controle da infla????o, redu????o de juros. Tendo em vista que o descontrole de qualquer um desses mexe com a vida dos trabalhadores e empres??rios, enfim destr??i o sonho e o planejamento das pessoas e suspende investimentos produtivos, compromete empregos e renda e eleva o custo Brasil com o sacrif??cio de todos.
 O Sinduscon ?? a favor do movimento reivindicat??rio pac??fico, at?? porque identifica pontos comuns nas reivindica????es pelo seu car??ter coletivo. O sindicato ?? contra a aprova????o da PEC-37, sem Poder Judici??rio, Minist??rio P??blico e imprensa livres e independentes, pois limitar a atua????o de qualquer um deles compromete a democracia. Contudo, desaprova qualquer manifesta????o violenta contra pessoas ou patrim??nio p??blico e privado
?? ineg??vel que o pa??s mudou principalmente nesses ??ltimos dez anos, com milhares de pessoas ascendendo de classe social, o que contribuiu para o movimento, mas nem por isso a popula????o deve se conformar. Os impostos pagos pelos empres??rios e trabalhadores n??o est??o sendo convertidos em servi??os p??blicos de boa qualidade. A constru????o civil formal paga impostos que deveriam contribuir para a ???melhora desse quadro???. Por??m, nem sempre retornam para cumprir seu fim de atender a coletividade.
O dever do sindicato ?? defender seus associados, mas temos explicitado nosso compromisso de lutar por uma cidade melhor, com qualidade de vida, emprego e renda para todos, da mesma forma que lutamos por um Plano Diretor em que o munic??pio se desenvolva com sustentabilidade. Assim, como no ano de 2006 encaminhamos ?? C??mara de Vereadores documento, inclusive assinado por outras entidades, para que o Plano Diretor n??o fosse mais alterado, o que foi aprovado. Nesse mesmo ano tamb??m encaminhamos um documento ao IPUF solicitando o cumprimento do Estatuto das Cidades para atualizar o Plano Diretor da cidade, bem como no ano passado pedido de cria????o de ??rg??os de planejamento nos munic??pios de S??o Jose, Palho??a e Bigua??u para, em conjunto com o IPUF, pensar a regi??o metropolitana.
Essas e outras medidas d??o a dimens??o da nossa preocupa????o e compromisso com o presente e o futuro dos 22 munic??pios que comp??em a base do Sinduscon na Grande Florian??polis, fazendo coro com aqueles que querem mudan??a j??.