Notícias
21/09/2012 -
Abecip descarta nova desacelera????o no cr??dito imobili??rio

IG - Economia - NOT??CIAS - 20/09/2012 
 
O presidente da Associa????o Brasileira das Entidades de Cr??dito Imobili??rio e Poupan??a (Abecip), Octavio de Lazari Junior, refutou a possibilidade de uma nova desacelera????o no volume de financiamentos nos pr??ximos dois a tr??s anos. Segundo disse nesta quinta-feira em entrevista para a Ag??ncia Estado, o setor passou neste ano por um "freio de arruma????o", com menor volume de lan??amentos e vendas por parte das incorporadoras, que enfrentaram atrasos de obras e estouros de or??amentos.
 
 
Segundo ele, neste segundo semestre, a concess??o de cr??dito tem mostrando uma retomada. "As empresas j?? passaram por uma arruma????o da casa, resolveram a maioria dos problemas e est??o com uma velocidade de vendas saud??vel", disse.
A Abecip projetava um crescimento do cr??dito imobili??rio em torno de 30% neste ano, mas diminuiu suas proje????es para um patamar entre 15% a 20% ap??s as dificuldades enfrentadas pelas incorporadoras. "Para os pr??ximos anos, n??o devemos ter mais desacelera????o, porque essas quest??es (vendas e lan??amentos menores) j?? est??o computadas", estimou.
 
Lazari acrescentou que a poupan??a dever?? ser a principal fonte do funding para o cr??dito imobili??rio at?? meados de 2015. Depois disso, se houver necessidade, ser?? intensificado o uso de outros instrumentos para alavancar recursos, como as Letras de Cr??dito Imobili??rio (LCI) e as opera????es de securitiza????o. "Esses instrumentos j?? existem e s?? n??o s??o maiores por causa do grande crescimento da poupan??a", avaliou.
 
 
De acordo com as regras do Sistema Financeiro da Habita????o (SFH), 65% do montante dos dep??sitos na caderneta de poupan??a deve ser destinado pelos bancos para o financiamento de moradias. Com o crescimento das concess??es de cr??dito em velocidade superior ao da expans??o da poupan??a, o mercado teme o esgotamento do funding e estuda outras fontes de recursos.