Notícias
17/08/2012 -
Economia cresce 0,38% no 2?? trimestre, estima BC

S??O PAULO ??? O ??ndice de Atividade Econ??mica do Banco Central (IBC-Br), considerado uma esp??cie de sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB, conjunto de bens e servi??os produzidos pelo pa??s), voltou a subir em junho, um aumento de 0,75% na compara????o com maio, informou o BC nesta sexta-feira. Foi o maior crescimento mensal desde mar??o de 2011, quando a expans??o foi de 1,47%. Em maio, o indicador havia recuado 0,01%. O indicador divulgado nesta sexta mostra que a economia voltou a mostrar for??a.

Com isso, a economia encerrou o segundo trimestre com avan??o de 0,38% na compara????o com os primeiros tr??s meses do ano. O ritmo de expans??o diminuiu: entre janeiro a mar??o o crescimento foi de 0,63%. No primeiro semestre, o crescimento foi de 0,87% (na compara????o sem ajustes sazonais, como preferem os economistas para esse tipo de c??lculo).
O IBC-Br incorpora estimativas para a produ????o nos tr??s setores b??sicos da economia ??? servi??os, ind??stria e agropecu??ria. Enquanto os n??meros oficiais do PIB s??o divulgados trimestralmente pelo IBGE, o BC divulga seu indicador todo m??s e conduz sua pol??tica monet??ria baseado nele.

Em nota, o diretor de pesquisas e estudos econ??micos do banco Bradesco, Octavio de Barros, creditou o avan??o do IBC-Br no m??s ao ???ligeiro avan??o da ind??stria??? e ao ???aumento expressivo do com??rcio varejista no m??s???. Segundo ele, o resultado indica que o crescimento do PIB no segundo trimestre do ano ser?? de 0,4%. O n??mero oficial vai ser divulgado no dia 31.
Se confirmado, esse ritmo de crescimento ser?? o dobro do registrado no primeiro trimestre do ano, cujo avan??o foi de apenas 0,2%. Para o ano, a expectativa do governo ?? que a economia tenha expans??o de 3% ??? era de 4,5%, mas o Executivo foi obrigado a conter sua esperan??a ap??s a divulga????o de sucessivos resultados negativos sobre a atividade. O Banco Central ?? mais pessimista, prevendo expans??o de 2,5%. Para o mercado financeiro, o cen??rio ?? ainda mais obscuro: eles j?? estimam que a economia crescer?? apenas 1,81% em 2012.
Mantega j?? v?? recupera????o na economia

O governo tem tomado diversas a????es para estimular a atividade, afetada pela crise internacional, e assumiu o discurso que ela vai acelerar o passo a partir do segundo semestre. Na noite de quinta-feira, o ministro da Fazenda Guido Mantega disse que governo j?? v?? sinais de recupera????o da economia e continua achando que o pa??s ser?? um dos primeiros a sair da crise.
Mantega, que ressaltou ainda que o Brasil possui uma das maiores carteiras de investimento do mundo, fez as declara????es durante discurso a empres??rios na noite da quinta-feira em S??o Paulo.
??? Come??amos a ver sinais da recupera????o que j?? come??ou. Hoje (quinta-feira), foram divulgados os resultados de junho do com??rcio varejista, que cresceu 6,1% em rela????o a maio (no varejo ampliado) e 12,3% (idem) em rela????o a junho do ano passado. Portanto, nosso mercado interno continua apresentando um dinamismo raro nos dias de hoje", avaliou.
Mas para o diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central, Luiz Awazu Pereira da Silva, a recupera????o da economia ser?? mais lenta do que o inicialmente imaginado. Ele afirmou, tamb??m na noite quinta, que o modelo de crescimento baseado no incentivo ao cr??dito n??o est?? esgotado e elogiou o programa de concess??es para investimentos em ferrovias e rodovias anunciado na quarta-feira pelo governo federal.

Fonte: O Globo