Notícias Sinduscon
03/09/2014 -
Cidade criativa Pedra Branca ganha oscar do setor imobili??rio

Case de Palhoça (SC) é o único representante de Santa Catarina a receber o Prêmio Master Imobiliário, na Categoria Empreendimento – Desenvolvimento Urbano

O bairro Cidade Criativa Pedra Branca, localizado em Palhoça na Grande Florianópolis (SC), recebeu na noite desta segunda-feira (1) o Prêmio Master Imobiliário, considerado o Oscar do setor imobiliário. A premiação foi acirrada. Contou com 70 projetos inscritos em todo Brasil, dos quais apenas 19 foram contemplados em duas categorias: Empreendimento e Profissional. Único case de Santa Catarina a ser destacado na 20ª edição do Prêmio, a Cidade Criativa Pedra Branca foi representada por seu diretor executivo, Marcelo Gomes, que recebeu o troféu das mãos do desembargador José Renato Nalini, presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo.

A noite de gala da cerimônia de consagração aos cases vencedores ocorreu na Sala São Paulo, localizada no Complexo Cultural Júlio Prestes, em Campos Elíseos, um dos espaços culturais mais refinados da capital paulista, sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e uma das mais importantes casas de concertos e eventos do país. Seletos 1.200 convidados participaram da premiação, entre autoridades federais, estaduais e municipais; empresários da área; líderes de entidades ligadas ao mercado imobiliário de todo o país e do exterior; e demais convidados. O Prêmio é uma realização do Fiabci/Brasil (Capítulo Brasileiro da Federação Internacional das Profissões Imobiliárias) e do Secovi-SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo) e é inspirado nos conceitos e critérios do Prix d'Excellence, entregue pela Fiabci Mundial durante seu Congresso anual, considerada como uma das mais importantes premiações internacionais do setor imobiliário.

Além de valorizar os grandes talentos, o prêmio tem a função de divulgar nacional e internacionalmente, os conceitos inovadores e as experiências bem-sucedidas, que possam servir de modelo para o desenvolvimento global das atividades do setor. Essas ações têm acompanhado e, até mesmo, superado o avanço tecnológico registrado no exterior. A engenharia e arquitetura brasileira, sobretudo dos empreendimentos habitacionais e comerciais, não deixam nada a desejar quando comparados aos dos países desenvolvidos.

O Case
Com o case “Pedra Branca Cidade Criativa – Melhorar a Cidade para as Pessoas”, o empreendimento foi o único de Santa Catarina a receber o prêmio. Reconhecido na categoria Empreendimento, com destaque em Desenvolvimento Urbano, o Case reflete o sonho do fundador e presidente da Pedra Branca S/A, Valério Gomes: “Sonhamos construir não apenas mais um empreendimento imobiliário, mas uma comunidade onde as pessoas possam morar, trabalhar, estudar e se divertir em harmonia com a natureza ao alcance de uma caminhada”.

A missão de “melhorar a cidade para as pessoas” já é uma realidade para aproximadamente 12 mil pessoas, sendo 50% moradores e os demais trabalhadores e estudantes que circulam diariamente no bairro. A Cidade Criativa Pedra Branca tem potencial construtivo de 1,7 milhão de m² de área construída e receberá aproximadamente 12 mil unidades entre apartamentos, escritórios, centros comerciais e industriais. O Prêmio Master Imobiliário endossa o projeto fundado em Palhoça, cuja primeira fase foi iniciada há 14 anos.

A Cidade Criativa Pedra Branca também foi a primeira da América do Sul a ser convidada pela Fundação Clinton a participar da iniciativa de Desenvolvimento do Clima Positivo, no qual comunidades assumem compromissos não apenas de minimizar seu impacto ambiental, mas de implantar soluções que ajudem a reduzir danos causados por gases de efeito estufa. A sustentabilidade na escala do bairro e de sua infraestrutura – ecodistrict, dos prédios green buildings – motivaram o convite registrado apenas a 18 projetos em todo o  mundo.

2013 foi o ano da consolidação do sonho de ver as pessoas ocupando as ruas e a praça da nova centralidade de Palhoça. Na ocasião, foram entregues as duas primeiras quadras de uso misto com 10 edifícios de apartamentos, escritórios, e lojas – condomínios Pátio da Pedra e Pátio das Flores, além de dois edifícios de escritórios em outras duas quadras: Edifícios Office Green e Inaitec.

A Cidade Criativa Pedra Branca também tem se destacado pelo investimento realizado na primeira Rua Compartilhada do Brasil, intitulada Passeio Pedra Branca, uma rua de gastronomia e lazer. Diferente de tudo que existe no Brasil, a Rua Compartilhada integra, atualmente, 25 lojistas que ofertam diversas opções em gastronomia e serviços, com segurança e comodidade. O espaço também proporciona opções de lazer e mantém um calendário ativo (http://passeiopedrabranca.com.br) com diversas atividades. Mais informações sobre a Cidade Criativa Pedra Branca no site.

Fonte: Assessoria de Imprensa Pedra Branca