Notícias Sinduscon
22/08/2014 -
Pesquisa do Sinduscon revela o perfil do comprador de im??veis na Grande Florian??polis

Durante os cinco dias do Salão do Imóvel e Construfair-SC, de 13 a 17 de agosto, no CentroSul, o setor de economia e estatística do Sinduscon realizou uma pesquisa com os visitantes da feira, para conhecer as necessidades e os perfis do consumidores de imóveis na região da Grande Florianópolis. Realizada há três anos, a pesquisa traz informações sobre os bairros mais almejados, a forma de pagamento do imóvel, os motivos da compra, quesitos indispensáveis na futura residência e muitas outras informações. 

Segundo a economista do Sinduscon, Ludmilla Custódio, os quartos ensolarados e isolamento acústico são os fatores indispensáveis que mais se destacam na hora de adquirir um imóvel. “38% dos participantes afirmaram que os quartos ensolarados fazem a diferença na hora de fechar um negócio. Contudo, chama a atenção que o isolamento acústico foi citado como fundamental para 25% dos visitantes, ficando na frente da sacada com 12%, da churrasqueira com 11% e gás individualizado com 4%”, disse. Ludmilla também destacou as regiões mais procuradas. “O Centro de Florianópolis, Estreito, Itacorubi, Kobrassol, Ingleses e Campeche são as localizações mais procuradas, de modo geral as regiões se mantiveram as mesmas da pesquisa de 2013”, afirmou.

O presidente do Sinduscon, Helio Bairros, ressaltou o perfil em predominância no evento. “O perfil do nosso consumidor são homens, casados, na faixa dos 36 aos 40 anos, moram em Florianópolis, com filhos e procuram imóveis com dois ou três quartos, com suíte e dois banheiros, duas vagas de garagem com hobby box e com salão de festas como área de lazer. A forma de pagamento preferida desse público é o financiamento direto com a construtora ou com o banco”, afirmou. O presidente também salientou um dado importante. “Notamos na pesquisa que 31% dos entrevistados não querem área de lazer, o que mostra que o público conhece bem o poder de compra que tem, até porque manter um imóvel com áreas de lazer deixa o condomínio mais caro”, finalizou. 

O objetivo da pesquisa é, por meio das conclusões obtidas, melhorar as estratégias e direcionar as novas edificações conforme as necessidades do público, orientando as ações de marketing e estratégias de vendas, o que tende a gerar uma reação positiva dos empreendimentos desenvolvidos. A análise reduzida esta disponível no site do Sinduscon e a versão completa será liberada aos associados.